Parceria AMATRA 8 - Movimento de Emaús define calendário de eventos para 2022.


A primeira reunião do ano entre os parceiros AMATRA 8 e Movimento República de Emaús que definiu o calendário de eventos para o ano de 2022 aconteceu nesta manhã, na sede da Associação. A grande novidade é a criação do Prêmio AMATRA 8 de Direitos Humanos – Padre Bruno Sechi.

Na ocasião, estiveram presentes Georgina Kalife, José Maria e Cleice Maciel, representando o Emaús e o presidente da AMATRA 8, Jônatas Andrade, além do diretor de direitos humanos e cidadania, Otávio Ferreira, que classificou como muito produtiva a reunião, considerando que “abordaram as definições do prêmio que homenageará o Padre Bruno, que foi um dos maiores incentivadores dos direitos humanos no estado do Pará e que nos deixou em 2020”.

Para a definição do escopo do Projeto que cria o Prêmio AMATRA 8 de Direitos Humanos usou-se como base a experiência em nível nacional com o prêmio nacional Anamatra da mesma pasta. O presidente Jônatas adiantou que o lançamento acontecerá ainda no primeiro semestre e que permitirá a participação de pessoas físicas e jurídicas, mas também de movimentos e coletivos de pessoas engajadas nas temáticas de eliminação do Trabalho Infantil e erradicação do Trabalho Escravo.

Além do prêmio, o encontro entre as entidades deixou bastante alinhada a parceria para a criação do FUNTRAD – Fundo do Trabalho Decente e em todas as campanhas assistenciais encabeçadas pelo Emaús e pela AMATRA 8, sempre na defesa da Justiça e do Direito do Trabalho e dos Direitos Humanos.


17 visualizações0 comentário